quarta-feira, 24 de março de 2010

Exemplo para se aproximar do sacramento da Penitência

Abençoa-me padre porque pequei.

Eu, (nome), grande pecador , confesso ao Senhor meu Deus Jesus Cristo e a ti Reverendo Padre, todos os meus pecados que cometi especialmente desde minha última confissão e em todos os dias de minha vida, por ação, palavras ou pensamentos, por vontade ou contra a vontade.

Pequei pela falta de agradecimento ao Senhor meu Deus pela grande misericórdia que Ele tem comigo em dar-me tudo o necessário para a minha vida, sem que eu o mereça.

Pequei pela quebra das promessas do Santo Batismo, pela falta de amor a Deus e ao próximo.

Pequei pela falta da fé, pela preguiça de rezar na Igreja e em casa e pela falta de atenção nas orações.

Pequei pela falta de respeito aos pais e aos mais velhos, queixas, desordem, soberba, amor próprio, conversas levianas discussões e mentiras.

Pequei pelo sacrilégio, juramento inútil e em falso, riso, julgamento dos outros, calúnia, aborrecimentos, pelas palavras ruins, ofensa, impaciência, falta de ânimo, cólera, raiva, pela conservação das ofensas na memória, inveja e ódio.

Pequei pela vingança, pelos enganos, preguiça, malandrice, avareza, amor ao dinheiro, roubo, por excesso em comida e em bebida, pela inabstinência da carne e de produtos proibidos na quaresma e nas quartas e sextas feiras.

Pequei pelos maus pensamentos, com a vista, ouvido, olfato, paladar, tato e com todos os demais sentidos.

Também cometi os seguintes pecados .....

De tudo me arrependo e declaro-me culpado perante o Senhor meu Deus, proponho firmemente não mais voltar a cometer estes pecados e a evitar as ocasiões de tentação.

Peço perdão a Deus e a vós, reverendo Padre, a absolvição, e se porventura esqueci de confessar algum pecado, também peço a Deus perdão.

Abençoa-me, Padre, perdoa-me e ora por mim pecador.

(adaptado de um texto ortodoxo)

Um comentário:

  1. Muito necessárias tais orientações!
    Obrigada!

    ResponderExcluir